Home > Destaque > Fortaleza: Greve Geral reúne 50 mil pessoas contra Reformas de Temer

Fortaleza: Greve Geral reúne 50 mil pessoas contra Reformas de Temer

Nessa sexta-feira, 30 de junho, os cearenses juntaram-se aos manifestantes de todo o país na segunda Greve Geral Unificada contra as Reformas Trabalhista e Previdenciária, pelo “Fora Temer” e por “Diretas Já”. Organizada pela classe trabalhadora através das centrais sindicais, partidos políticos, sindicatos e diversas frentes dos movimentos sociais, uma multidão voltou a ocupar as ruas do centro de Fortaleza para dizer que não aceita nenhum direito a menos!

As manifestações começaram ainda cedo, com a adesão de motoristas de ônibus, que paralisaram os coletivos em corredores importantes da capital. A concentração da caminhada aconteceu na Praça da Bandeira, no centro de Fortaleza. Debaixo de chuva e de sol, os manifestantes não foram intimidados e percorreram as principais ruas da região até a Praça do Ferreira, coração do comércio de Fortaleza.

Ao longo de toda a manhã, o comércio permaneceu de portas fechadas; parte da frota de ônibus parada e agências bancárias ficaram sem funcionar. Médicos, rodoviários, servidores públicos, professores e estudantes, homens, mulheres e jovens de todas as classes sociais também compareceram a mobilização.

O bom humor, marca do povo cearense, também esteve representado durante a paralisação. Um boneco gigante representando o presidente Temer simbolizando um vampiro foi uma das atrações da caminhada. Nos gritos de guerra, além do tradicional “Fora Temer”, o comentário de que “quadrilha, só no São João”, enquanto a música dizia que “O Brasil inteiro diz: o povo consciente vai parar este país”. E parou! Além de Fortaleza, também ocorrem mobilizações no interior do Estado. Em Sobral e na Região do Cariri, foram realizadas caminhadas pelas ruas do centro das cidades pólo, enquanto em Jaguaribe, um trecho da BR 116 foi interrompido durante parte da manhã.

De Fortaleza,
Carolina Campos

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *