Home > Blog > Diário de uma quarentena (34° dia). O aniversário da netinha Larinha e o drible no coronavírus. Por

Diário de uma quarentena (34° dia). O aniversário da netinha Larinha e o drible no coronavírus. Por

Diário de uma quarentena (34° dia)

O aniversário da netinha Larinha e o drible no coronavírus

Por Arruda Bastos


Hoje, 22 de abril de 2020, minha netinha Larinhacompleta seu primeiro aniversário. Eu estava presente e chorei de emoção no seu nascimento,mas como a cabeça não tá muito boa nessa quarentena, recorri à crônica que escrevi no ano passado intitulada “Lara, minha netinha ansiosamente aguardada, chegou” para recordar que foi às 8 horas e 27 minutos que nasceu, pesava3 quilos e 100 gramas, com 48 centímetros. OHospital foi o Gênesis, aqui em Fortaleza.


Voltando um pouco no tempo, lembro-me do chá de revelação, quando escrevi a crônicaLara, minha nova netinha, é vitoriosa até no nome. Na oportunidade, relatei que a cor rosa, depois do estouro dos cartuchos, foi a que prevaleceu e que o nome escolhido, Lara Parente Bastos manteria a tradição dos nomes iniciados com a letra “L” na família. Na época, o oitavo. Em agosto chega o nono, com a Lina da minha filha Lívia.

Pesquisando o nome com cuidado, encontrei, entre outras definições, que Lara indica uma pessoa vitoriosa, o que, por coincidência, define bem a luta, a perseverança e as orações para sua concepção, seu nascimento e a coincidência do seu aniversário acontecer no momento atual. Meu filho Bruno e minha nora Lais já tinham contratado uma bela festa, mas devido a Covid-19, tudo foi transferido.

Como escrevi em crônicas do meu “Dário de uma quarentena”, o coronavírus pode até tentar e estrebuchar, mas não vai impedir que o amor, a confraternização e a alegria aconteça entre as famílias. A festa virtual é uma saída e, no caso da Larinha, foi um show com tudo que tem direito: bolo, salgadinhos, lembrancinhas, parabéns e muita alegria.


Lais driblou o “corona” e até as dificuldades do isolamento social encaminhando, com antecedência,para casa dos convidados, muitas guloseimas. Assim, além do virtual, podemos ter aquele gostinho de festa e as crianças, suas lembrancinhas. Cada um pôde, então, organizar uma mesa de aniversário em sua residência e celebrar com toda a família. Foi uma grande sacada e vai ficar marcada indelevelmente nas nossas memórias esses momentos de emoção.


O dia foi de grande alegria. Logo cedinho, quando acordei, a minha querida Marcilia digitava e narrava,em voz alta, uma mensagem para nossa netinha. Depois, escutei o disparar do som do aplicativo, que muitas vezes me irrita, mas no dia de hoje tocoucomo uma música, e li as inúmeras mensagens para Larinha, lindas e de grande inspiração.


Como exemplo, vou transcrever a da Marcilia que diz: Hoje, nossa linda bonequinha está fazendo seu primeiro aninho. Com certeza teremos um lindo encontro virtual para comemorar esta data. Larinha é um grande presente de Deus para toda a família. Que Papai do Céu lhe abençoe com muita saúde, muitos presentes, muitas guloseimas e muito amor do papai, da mamãe, do vovô, da vozinha, dos titios e dos priminhos.  

Para concluir, digo que Lara cresceu rápido, linda, com graça e inteligência. Como não podemos encontrá-la pessoalmente, seus vídeos são um colírio e, sempre que postados, um bálsamo para os nossos corações. Pedimos a Deus e Nossa Senhora a sua proteção para que minha netinha cresça com saúde, graça e inteligência. Nós te amamos! Parabéns!


Amanhã eu volto com uma nova crônica

Essa foi a do dia 34. #FiqueEmCasa


Arruda Bastos é médico, professor universitário e presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – SOBRAMES – CE.

Arruda Bastos
Médico, professor universitário dos cursos de Medicina e Enfermagem, especialista em Gestão em Saúde e Saúde Pública, escritor, radialista, ex-Secretário da Saúde do Estado do Ceará e coordenador do Movimento Médicos pela Democracia.
http://www.portalarrudabastos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *