Warning: file_put_contents(): Filename cannot be empty in /home/portalarrudabastos/www/wp-load.php(2) : runtime-created function on line 1
Diário de uma quarentena (55º dia) Ensinando o Pai Nosso a vigário. Por Arruda Bastos - Portal Arruda Bastos
Home > Blog > Diário de uma quarentena (55º dia) Ensinando o Pai Nosso a vigário. Por Arruda Bastos

Diário de uma quarentena (55º dia) Ensinando o Pai Nosso a vigário. Por Arruda Bastos

Nesse meu quinquagésimo quinto dia de quarentena, depois de muitos dias escutando e rezando, sempre às 15 horas, com Marcilia, pelo instagram, o terço da misericórdia com a Ticiana de Paula da comunidade um Novo Caminho, resolvi como, diz o ditado, ensinar Pai Nosso a vigário e escrever minha crônica de hoje falando da importância da oração e da fé.

No meu isolamento, além das atividades de todos os dias, não pode faltar a mensagem do bispo Fernando às 06 horas da manhã pelo rádio, a missa do Shalom às 07 horas e 15 minutos, a missa do padre Geovane à noite na TV Diário, a missa do Padre Marcelo nos domingos e os terços rezados durante o cooper pelo apartamento de todos os dias.

Sou de uma família católica e cresci dentro das suas normas tradicionais. Minhas irmãs, meus irmãos e eu sempre estudamos em colégios de congregações religiosas. As primeiras sextas-feiras do mês eram sagradas com a confissão na igreja dos Remédios e, a missa nos domingos bem cedinho na Capela do Colégio Juvenal de Carvalho, nunca esqueci.

Digo que a minha formação religiosa tem ajudado muito nesse momento de tamanha dificuldade. A fé em Deus é um importante substrato para acreditarmos na solução de tudo e como diz a música “Vai dar tudo certo”: Se a gente colocar a nossa fé em ação / E confiarmos e orarmos a Deus / Deus ouve e responde, e dá tudo certo.

Para colaborar com aqueles que não são afeitos aos terços, vou ensinar o passo a passo do terço da misericórdia. Experimente. Sei que você e sua família vão gostar. De início, faça o sinal da Santa Cruz: em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Depois reze um Pai Nosso, uma Ave Maria e o Credo.

Nas contas do Pai Nosso, reze: Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, a Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.

Nas contas das Ave Marias, reze: Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro. (10 vezes).

Ao final do terço, reze: Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro. (03 vezes)

Amanhã eu volto com uma nova crônica.
Essa foi a do dia 55. #FiqueEmCasa

Arruda Bastos é médico, professor universitário e presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – SOBRAMES – CE.

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *